online marketing



A importância do Mascote para sua empresa

Quando vamos ao supermercado e passamos pela sessão de produtos infantis, por exemplo, nos deparamos com uma multidão de personagens. O Mickey, Bob Esponja, As Meninas Super Poderosas e mais um monte de criaturinhas coloridas e sorridentes. Esses bonequinhos encantam as crianças e despertam seu interesse pelo produto. Nisto, os mascotes são uma estratégia eficiente não somente para o público infantil, isto é, consiste em um recurso utilizado por empresas do mundo inteiro, para interagir com os mais diversos públicos.

Veja também: 

bonequinhos da M&M´s

Os Mascotes são verdadeiros garotos-propaganda e alguns deles marcam nossas vidas, como o peru da Sadia e os bonequinhos da M&M´s. Hoje em dia algumas empresas preferem usar personagens já consagrados, outras preferem criar os seus próprios, mas o motivo principal é o mesmo: humanizá-los e gerar, junto ao público-alvo, uma identificação direta. Eles funcionam como interlocutores entre o cliente e a marca.

Tony, o Mascote da Kellogs

A estratégia não é novidade, mas os personagens continuam com muita força no mundo da propaganda, conquistam crianças, adultos e traçam laços de fidelidade entre uma marca e seus consumidores. Muitas empresas mostram certa resistência na hora criar um mascote, mas não percebem que eles podem mudar sua relação com clientes e alavancar suas vendas.


Alguns mascotes famosos

Sadia


O franguinho de óculos de motoqueiro surgiu em 1971, logo quando a Sadia fez suas primeiras aparições na mídia. A ideia de usar uma ave como mascote da marca surgiu com a necessidade de vender o frango defumado, um produto da marca de destaque na época.

Mascote da Sadia

Cheetos

O mascote da Cheetos é um guepardo que usa óculos de sol e tênis. Chester Cheetah apareceu pela primeira em 1988 a título provisório, mas o sucesso foi tão grande que tornou-se símbolo oficial da marca.
Chester Cheeta


Playboy

A marca que deveria se chamar Stag Party (farra) teria como símbolo um veado fumando à espera de uma companhia feminina, porém na véspera de seu lançamento, Hugh Hefner, criador da revista, descobriu que já existia uma publicação com esse nome. Foi então que um amigo sugeriu “Playboy” nome de uma fábrica de carros falida. Após a escolha do novo nome, Hugh delegou ao desenhista e diretor de arte da revista, Arthur Paul, que criasse um novo mascote. Daí surgiu o famoso coelhinho da Playboy.

Coelhinho da Playboy

Coca-Cola

Foi a famosa marca de refrigerantes que criou a imagem do bom velhinho. Até então ouvia-se histórias sobre São Nicolau Taumaturgo – um arcebispo turco. São Nicolau tinha o costume de ajudar pessoas pobres da cidade de Mira durante a época do Natal colocando moedas de ouro nas chaminés de suas casas.

Antes, o Papai noel vestia cor verde.
Foi o ilustrador Haddon Sundblom o contratado pela empresa para desenvolver anúncios com a imagem de São Nicolau, imagem que ficou conhecida mundialmente. Um velhinho rechonchudo com barba branca e roupas vermelhas.


Crie seu mascote agora!

Agora que você conhece a importância dos mascotes, personifique sua marca! Aqui você cria projetos de acordo com o seu orçamento e necessidades da sua empresa, confira nossos serviços e veja como ter seu mascote

Entre em contato e crie o mascote da sua marca hoje mesmo!

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top